Corra!

Um suspense que trata um assunto polêmico com muita audácia!

O que é: Um jovem sofrendo racismo por ser negro e namorar a garota de família branca, e perceber que o local onde está pode ser muito perigoso.

Parece com o quê: Qualquer filme no qual o personagem principal está simplesmente “F****DIDOOOO” e sozinho num lugar longe pra “baralho”.

Para quem é: Para quem quer ver uma correria pela sobrevivência e quiser debater racismo depois.

corra1

No filme um casal (ela é branca e ele negro) passam por algumas situações desagradáveis de racismo, pela pura ignorância de ter estranhamento ao ver um branco com uma negra e vice-versa. A garota está levando o rapaz para uma casa de campo da família para apresentar aos pais dela. Por lá, uma festa cheia de ricos chatos acabam trazendo um desagrado atrás do outro ao rapaz, ao mesmo tempo que pessoas estranhas vivem na casa, além da empregada e do jardineiro, há mãe da namorada aplica hipnose e deixa o rapaz mais intrigado ainda. Aos poucos, percebe-se que ali não é o lugar ideal para se ficar e só irá restar correr ou correr!

corra2

Parte do filme acaba sendo mais paradão, porém não menos interessante. A forma como tudo vai ocorrendo é intrigante e temos revelações fantásticas no desfecho. Uma boa história e atuações!

Até o último homem

Um filme emocionante ambientado em uma guerra, assim podemos definir “Até o Último Homem”, filme que tem na direção Mel Gibson e que também concorreu ao Oscar em 2017.

O que é: Filme ambientado em uma guerra que mostra um médico de combate lutando sem armas e exclusivamente para salvar os feridos.

Parece com o quê: Com vários filmes de guerra onde você verá tiros, explosões, tripas, e sangue!

Para quem é: Para quem gosta de filmes de guerra e também filmes que abordam sobre esperança e fé.

ateoultimohomem

O filme é baseado em uma história real de um jovem (Andrew Garfield de Homem Aranha) que se alistou no exército exclusivamente para ser médico de combate pois possuía princípios religiosos de que não se deveria matar, mesmo estando em uma guerra, e nela ele estaria para servir de outra maneira, ou seja, resgatando e curando os feridos.

ate_oultimohomem

O filme é dividido em duas partes. Na primeira mostra a vida de Doss (Andrew Garfield) até o alistamento militar e sua luta em conseguir o direito de ir para a guerra sem portar nenhum armamento (parte essa que por sinal tem algumas partes engraçadas). A segunda parte do filme, já na guerra, mostra o campo de batalha e as ações de Doss em salvar seus companheiros de guerra. Destaco a atuação de Andrew Garfield que foi ótima! Por fim, o filme é uma bela história de fé, esperança e perseverança naquilo que você acredita.

Kong – A Ilha da Caveira

Muita aventura e ação em um empolgante retorno de King Kong aos cinemas!

Em 1933 estreava King Kong e ao longo dos anos foram produzidos outros filmes, alguns de sucesso e outros nem tanto. A última aparição do gigante foi em 2005 num filme dirigido por Peter Jackson (da trilogia Senhor dos Anéis) e estrelado por Jack Black, Naomi Watts e Adrien Brody. Doze anos depois King Kong retorna em “Kong – A Ilha da Caveira”.

No filme, um pesquisador (John Goodman) convence o governo americano a enviar um grupo militar de escolta para uma ilha ainda não explorada, e encontrada recentemente nos mapas através de satélite recém lançado (o filme se passa em 1973). Porém, foi omitida do grupo a possibilidade de haverem seres gigantes na ilha e o que era apenas uma expedição à uma ilha comum se torna pesadelo para os recém chegados. Ao atirar mísseis no solo para analisar a superfície acabam incomodando a presença do rei daquela ilha, King Kong! O grupo acaba se dividindo entre os que querem acabar com Kong (liderados por Samuel L Jackson e seus militares), e os que entendem que Kong na verdade só protege a ilha de serem ainda mais perigosos! O segundo grupo segue com Tom Hiddleston (o Loki de Thor e Os Vingadores), Brie Larson (O Quarto de Jack).

O filme tem cenas de ação empolgantes e uma história convincente! Alguns momentos na sessão 3D realmente valem a pena. Assistiria novamente com o mesmo entusiasmo!

Batman Vs Superman – A Origem da Justiça

O tão esperado lançamento de Batman Vs Superman chegou e com ele um alvoroço de críticas, spoilers, e debates diversos. Há opiniões divididas, alguns que amaram e outros que odiaram. Enfim, darei minha humilde opinião. batman

Primeiro é bom saber que estamos falando de um filme da DC Comics e não da circense Marvel Studios. Para quem está acostumado e gosta dos filmes coloridos e cheios de piada da Marvel, este não é para você! Mas se você curte um visual mais sombrio e história séria, aqui é o seu lugar! No filme, a sociedade vê Superman como uma ameaça. Nesse ponto que Batman se preocupa em arrumar uma fórmula para deter o homem de aço ao mesmo tempo que Lex Luthor tenta manipular a todos e traça um plano para destruir Superman.

Batman está insano neste filme! Pancadaria sem dó em todos e uma agressividade nunca vista antes! O Super, sofrendo ameaça de todos os lados, é um personagem tranquilo e confiante em sua força, apesar de questionar sobre sua posição diante dos humanos. Ao mesmo tempo, o filme apresenta pouco a pouco a personagem Mulher Maravilha (que terá um filme próprio em 2017). A história se desenrola bem e as cenas de ação são bem legais. A chuva e o cenário da luta entre os heróis ficou impactante e a união entre Batman, Superman e Mulher Maravilha (gata!) para combater um dos vilões do filme ficou satisfatória!batman-vs-superman_48-380x300

Há algumas críticas negativas sobre o filme, porém sem fundamento algum. O filme é muito bom sim!!! Só acho que alguns são fãs da Marvel (e recebem cachê para falar mal de outros filmes), e outros são fãs da DC. Vale a pena também enxergar o filme como FILME! E não como uma história em quadrinhos. São abordagens diferentes. Zack Snyder já fez ótimos trabalhos como Watchmen e Homem de Aço, e agora novamente com Batman Vs Superman. Extremamente ansioso para ver os próximos filmes!mulher_maravilha

A Colina Escarlate

Um excelente suspense em meio a uma atmosfera de terror! Muitos mistérios cercam o início (e talvez até o meio) do filme. Em “A Colina Escarlate”, uma jovem escritora que perdeu a mãe, e às vezes é assombrada por ela, conhece um jovem misterioso (Tom Hiddleston, o Loki dos Vingadores) que buscam fazer negócios com o pai da garota. Todo o mistério envolve uma grande e velha casa na chamada Colina Escarlate que aparentemente parece ser mais do que apenas um casarão centenário, mas guarda muitos segredos!

colina01

Personagens com boas atuações, e uma história envolvente, o filme com certeza vale a pena. Talvez o público mais jovem que ama tomar susto em vez de uma boa história em ambiente de terror não se sinta muito confortável, mas o cinema de terror está carente de filmes como esse!colina02

Mad Max

Um dos melhores filmes de ação de todos os tempos! Sem dúvida!!!madMax

Sou um fã da trilogia Mad Max (década de 80), e estava ansioso para este novo. Aquele medo natural de terem transformado o filme em mais um produto da indústria cinematográfica, mas na verdade é um blockbuster de peso!

O filme é objetivo e não enrola muito em dar explicações. O que interessa aqui é a ação sem deixar uma história consistente pra trás. O filme é de tirar o fôlego, e enquanto tudo parece ficar em silêncio (poucos segundos), tudo volta ao ritmo acelerado, explosões, cenas marcantes e um maluco tocando guitarra em meio às perseguições.FURY ROAD

Sinceramente, fizeram um filme BOM PRA CARALHO!!! Quem não viu ainda, corre lá!

O Hobbit – A Batalha dos Cinco Exércitos

A saga chegou ao fim! A melhor parte é saber que chegou maravilhosamente bem! Difícil falar apenas deste último filme, mas gostaria de tratar a trilogia como uma só, pois na minha opinião não dá pra separar.

Tanto para os fãs (desde O Senhor dos Anéis), e para os não fãs, temos uma incrível aventura, cheia de ação, toques de humor e emoções de sobra que farão os mais envolvidos com a série chorar.hobbit01

 

Neste capítulo final, vemos a continuação do segundo filme (óbvio rs), onde a conquista da montanha solitária pelos anões acaba se tornando motivo de guerra entre diferentes exércitos que querem o incontável tesouro existente lá. Dai em diante o cenário está montado para batalhas sangrentas, ação constante e cenas emocionantes que expressam a coragem de guerreiros certos de seus ideais e de suas missões.hobbit02

Ao final, assim como em O Senhor dos Anéis, o que fica é uma saudade imensurável dos personagens, da história e de tudo o que vimos na trilogia. Tudo isso embalado com uma música de Billy Boyd intitulada de “The Last Goodbye” (traduzindo: “O último adeus”) e que fez muita gente chorar na sessão (e por curiosidade, escrevo este post ouvindo tal canção). Confesso que estou mais do que satisfeito com esta trilogia e não vejo a hora de rever novamente filme por filme e reviver cada segundo de emoção!